A Escola

Metodologia

Ensino curricular bilíngue integrado: uma proposta diferenciada.

O ensino do inglês como segunda língua, tem se reconfigurado ao longo dos anos constituindo uma série de mudanças e posturas orientadas às abordagens para atingir, como consequência, no aumento da sua efetividade e de retenção duradoura para os alunos. Nesse sentido, tais mudanças não podem ser implementadas somente a partir das práticas pedagógicas, mas sim em uma abordagem integrada que atue nos diferentes modos de interação entre os alunos e o mundo.

Nesta contemporaneidade, devido ao alcance global da Língua Inglesa e, considerando a rapidez com que temos acesso às informações do mundo pode-se afirmar que o domínio de uma língua globalizada irá capacitar o indivíduo à uma comunicação efetiva entre ele e o mundo. Nesse sentido, a escola tem se preocupado cada vez mais em atender a demanda de seus alunos e pais, o que significa a remodelação e a ampliação de serviços desta instituição no que diz respeito ao ensino da língua inglesa.

Com uma proposta de educação bilíngue - diferente das concepções errôneas que algumas escolas oferecem – esta escola tem preparado as aulas de inglês baseadas no modelo CLIL (Content and Language Integrated Learning). Tal proposta procura combinar o ensino curricular de disciplinas, como Matemática, Ciências, História e Geografia, com o ensino da língua estrangeira, visando, assim, dois objetivos a perseguir nas aulas: um ligado aos conteúdos das disciplinas e o outro relacionado com a língua inglesa a ensinar. Em outras palavras, conteúdos referentes à saúde ou diferentes tipos de solo, já vistos pelos alunos na língua materna, serão, então, revisitados em inglês, estimulando o aprendizado gradativo dessa língua. Esse modelo de proposta pretende, portanto, mudar o status das aulas de inglês como uma “disciplina com regras a serem decoradas”, para transformá-las num elemento condutor que motive as habilidades auditivas, de leitura, escrita e conversação.

Esse ambiente proporcionado pela escola, para a vivência de experiências bilíngues pelos alunos, tem se pautado em alguns estudos que refletem sobre os benefícios do bilinguismo em relação aos aspectos sociais e culturais dos sujeitos, como podemos destacar nos trabalhos de Lopes e Maia (2000), Mechelli (2004), Wei (2006), Bialystok (2007), entre outros. Para esses estudiosos, em termos gerais, os indivíduos bilíngues desempenham melhor as tarefas de atenção, seleção de linguagem, maior controle sobre as informações e uso dos conhecimentos no desempenho de diferenciadas atividades. Outra questão apontada é a relevância da idade do indivíduo quando o mesmo inicia sua exposição a outra língua, pois a plasticidade cerebral é uma importante aliada à aquisição do segundo idioma. A tenra idade, segundo os estudiosos, coincide com um momento no desenvolvimento infantil em que o cérebro é mais facilmente estruturado e modificado a partir das experiências vivenciadas.

Portanto, entendemos que a exposição a uma vivência bilíngue envolve acesso a diferentes formas e usos de linguagem, além da imersão a diferentes bagagens culturais que contribui, por sua vez, com a construção de situações mais contextualizadas e com o aprendizado da língua inglesa, por nossos alunos, de forma mais profícua em relação à comunicação nas situações do dia a dia.

BENEFÍCIO DO SEGUNDO IDIOMA:
• Melhoria do rendimento escolar;
• Melhoria na atenção “focal”;
• Retenção duradoura do segundo idioma;
• Aprendizagem de uma outra cultura;
• Aquisição de vocabulário gradual, porém vasto em variadas situações.




Avenida Caio de Figueiredo, 29
Inoã - Maricá - RJ
Tel.: (21) 2636-2878 | 99955-9275 | ceci@cecibilingue.com.br